quinta-feira, 13 de julho de 2017

AINDA HÁ TEMPO!

Atualmente, com tanto conhecimento circulando pelo mundo numa velocidade alucinante, e com tantas coisas para fazer, as vinte e quatro horas do dia se tornam poucas para darmos conta de tudo.

E, é claro, isso nos faz viver sempre ocupados e preocupados com muitas coisas. Nós passamos a maior parte do nosso tempo nesse mundo opinando sobre vários assuntos, julgando situações e pessoas conforme nossas maneiras de pensar. Nós estudamos, trabalhamos, abraçamos causas, lutamos pela realização dos nossos sonhos, e acabamos esquecendo de um detalhe importante...

Tudo isso vai passar; um dia, vamos deixar este mundo físico, mas, iremos continuar. 

Você deve estar se perguntando: Continuar? Como, se vamos morrer em algum momento e a morte é o fim??? - Porém, é um grande engano pensar que ao morrermos fisicamente tudo termina. A morte física não é o fim das nossas existências! 

A continuidade das nossas existências se dá na eternidade. Muitos desconhecem o fato de que nós existimos em duas dimensões: a física e a eterna. Na dimensão física nós deixaremos de existir um dia, mas, na eterna, nós continuamos a existir para sempre. E essa continuidade poderá ser boa ou ruim, dependendo de nossas escolhas enquanto estivermos no mundo material. 

A boa notícia é que há uma chance de escolhermos como ficaremos eternamente, enquanto estamos neste mundo. Se deixarmos a dimensão física sem termos feito esta escolha, automaticamente continuaremos a existir eternamente, porém, não será numa condição boa.

Isso acontece porque há leis regendo todo o universo, bem como nossas existências nas duas dimensões, e que foram instituidas pelo nosso Criador. Então, as coisas não estão soltas; tudo existe e está acontecendo de acordo com essas leis, e elas não falham jamais. A Bíblia é o documento enviado por Deus a fim de nos informar sobre essas leis com detalhes.

Nosso Criador não deixou as coisas ao léu, jogadas ao acaso, mas estabeleceu regras a fim de reger as duas dimensões, e também acordos com o homem que criou a sua imagem e semelhança, especialmente depois que este quebrou o pacto de vida eterna, o primeiro que foi estabelecido entre Deus e a humanidade no início deste mundo.

Deus não se agradou em ver os indivíduos que Ele havia criado a Sua imagem e semelhança serem condenados a ficarem fora de Seu Reino para sempre, ou seja, condenados à morte eterna. A morte eterna não é o fim da existência de alguém, mas, é existir na dimensão eterna sem conforto algum, pelo simples fato de estar desligado ou separado de Deus.

Se você já sentiu algum desconforto neste mundo, imagine isso PARA SEMPRE, sem nenhum instante de alívio! Deus não quer isso para nós, pois Ele nos ama. Ele avisou ao primeiro homem o que aconteceria a ele e a toda a sua descendência caso ele quebrasse o acordo. E mesmo vendo que nos condenamos eternamente, ainda providenciou um escape nos dando a chance de escolher mudar a situação.     

Não temos como reverter esta condenação de nós mesmos, por isso, Ele enviou Seu Filho Jesus Cristo na forma humana (semelhante ao que era o primeiro homem antes de pecar), para nos dar esta chance de escolher. 

Conforme o que nos informa a Bíblia, sabemos que Cristo morreu sacrificado para cumprir o antigo acordo (feito com apenas um homem, chamado Abrão), mas, o Pai ressuscitou-o fisicamente estabelecendo um novo acordo (feito com todos os homens), superior ao antigo, e desde então Ele vive para sempre em Seu Reino. 

Isto prova que Deus perdoou toda a humanidade, e a vontade d'Ele para nós ainda é que estejamos em Seu Reino e tenhamos vida eterna

De acordo com o novo pacto, quem crer e receber Cristo como seu salvador ou redentor, aceitando-o como Senhor sobre sua vida (o que implica em cumprir conscientemente as regras do novo pacto que estão descritas no Novo Testamento da Bíblia), continuará eternamente dentro do Reino de Deus. 

Quem não acreditar n'Ele, continuará na dimensão eterna, mas fora do Reino; e estar fora do Reino de Deus é a morte para sempre, ou segunda morte, que não pode ser revertida. 

Se você ainda não fez sua escolha e está lendo esta mensagem, é porque ainda há tempo de optar. Não desperdice esta oportunidade. Pense bem. 

Se você escolher crer em Jesus Cristo, fale para Ele que deseja a salvação, pedindo a Ele para entrar em seu coração e ser o Seu Senhor. Em seguida, procure por outras pessoas que também já fizeram esta mesma escolha e se junte a elas para conhecer o ensino de Cristo (ou, procure uma igreja cristã), pois você precisará aprender as regras deste novo acordo para poder cumprí-las.

Missionária Oriana Costa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo(a) ao Blog Sala Gospel. Sua mensagem será avaliada e se obedecer aos critérios de boa conduta será postada em breve. Agradecemos a compreensão.

Sigam-me - Considerações sobre Mateus capítulo 4 - Parte 3

 Em breve mais uma postagem. Aguardem! ☺️