sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Quem não toma sua cruz e não me segue não é digno de mim.

As frases de Jesus às vezes soam um tanto duras para nós. Depois de ler uma afirmação dessas, muitas pessoas podem achar que não são capazes de seguir a Cristo, apesar de crerem nele.

No entanto, o segredo dessa afirmação de Cristo está no entendimento que temos do AMOR ao qual Ele está se referindo. Isso mesmo!

A primeira vista, esse amor nos parece um sentimento, uma afeição, um apego. Desta forma, o primeiro pensamento que vem as nossas mentes ao nos depararmos com essas palavras de Jesus é que jamais conseguiríamos amar mais a Ele, que não vemos nem conhecemos pessoalmente, do que amar as pessoas que convivem conosco e cuidam de nós.

Mas, na verdade, o amor ao qual Cristo se refere aqui está ligado ao conhecimento e entendimento de Seu Reino e da Justiça de Deus, que são absolutamente perfeitos, imutáveis e infalíveis, e não a um sentimento humano, que pode existir agora e depois não existir mais devido às adversidades do mundo!

Através da compreensão da realidade do Reino do nosso Criador é que nós passamos a TEME-LO (CONSIDERÁ-LO ACIMA DE TUDO) e OBEDECE-LO de todo o coração, pois o nosso Criador, que existe antes de nós, é puro, bom, justo e perfeito em tudo o que faz; nós, e todas as pessoas que nos cercam, somos FALHOS e não temos o poder de dar vida a ninguém (lembrando que a concepção materna vem de Deus, foi Ele quem a criou). Então, é esse o amor que Jesus Cristo aponta.

Portanto, quem TEME ou OBEDECE mais as pessoas ou si mesmo do que a Cristo, não está concordando com Ele e sim com o mundo. Logo, não tem parte com Ele, por mais que diga que tem fé em Deus ou fé em Jesus!

Quem ignora o Reino de Deus e a Sua Justiça, no seu dia a dia, deixará de viver conforme a realidade desse lugar, e também deixará de anunciar o sacrifício feito por Cristo por toda a humanidade para que pudéssemos entrar lá. Dessa forma, o indivíduo não estará fazendo o bem verdadeiramente ao seu próximo como deveria, e será devidamente julgado por isso.

E para fechar nosso raciocínio: A cruz que temos que levar para seguir a Cristo é exatamente continuar perseverando em imitá-lo, em viver conforme a Justiça de Deus nesse mundo mal, em anunciar o Seu Reino, ainda que todos ao nosso redor nos rejeitem por não entenderem nossas posturas.

Então, cuide dos seus e ore por eles, ainda que eles não se importem com você; trabalhe para sustentar sua família, não abandone seu cônjuge e filhos. Obedeça aos seus pais, se ainda está sob a liderança deles, e se não estiver mais, visite-os e não os abandone na sua velhice; ajude seus amigos quando eles precisarem, mas, tendo o cuidado de jamais ceder às tentações dos sentimentos e desejos da sua carne para fazer o que as pessoas querem, ao invés de obedecer a reta Justiça de Deus.

Missionária Oriana Costa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo(a) ao Blog Sala Gospel. Sua mensagem será avaliada e se obedecer aos critérios de boa conduta será postada em breve. Agradecemos a compreensão.

Sigam-me - Considerações sobre Mateus capítulo 4 - Parte 3

 Em breve mais uma postagem. Aguardem! ☺️